Fifa anuncia suspensão de 15 jogadores por manipulação

A Fifa anunciou nesta quinta-feira que suspendeu 15 jogadores internacionalmente por terem se envolvido em casos de manipulação de resultados na Estônia e na Eslováquia. Desses, 13 deles atuavam na Estônia, entre eles o russo Yaroslav Dmitriev, agora proibido de realizar qualquer atividade ligada ao futebol.

Estadão Conteúdo

25 Setembro 2014 | 11h53

As penas aos jogadores que atuavam na Estônia variam, mas todas elas são de ao menos seis meses. O caso de manipulação ocorreu em 2011, quando Dmitriev atuava no Ajax Lasnamäe, da primeira divisão. A investigação do caso foi realizada pela Associação Estoniana de Futebol.

Em outra sanções anunciadas pelo Comitê Disciplinar da Fifa, dois jogadores tiveram suas suspensões domésticas na Eslováquia expandidas para o nível global. Nesse caso, Ivan Hodur foi banido por 11 anos manipular partidas amistosas de clubes em 2011.

O jogador, com passagem pela seleção da Eslováquia, já estava cumprindo uma sanção de 14 anos por ajudar a manipular partidas da primeira divisão do país. Além dele, Robert Rak foi suspenso pela Fifa por 15 anos por manipular amistosos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.