Fifa aprova aumento nas premiações do Mundial de Clubes

Entidade aumenta a premiação em R$ 850 mil; prêmios da competição chegam a mais de R$ 28 milhões

EFE

12 de março de 2008 | 18h33

A Comissão organizadora do Mundial de Clubes da Fifa anunciou nesta quarta-feira um aumento de US$ 500 mil (aproximadamente R$ 850 mil) no total de prêmios, para US$ 16,5 milhões (cerca de R$ 28 milhões), do torneio que reúne os melhores de cada continente.Veja também: Fifa anuncia medidas contra parcerias como MSI-CorinthiansA mudança se deve à inclusão da disputa de quinto lugar. Quem vencer a nova partida ganhará US$ 1,5 milhão, 500.000 a mais que na última edição. O sexto lugar vai para casa com US$ 1 milhão, enquanto o sétimo ficará com 500 mil. O campeão do torneio vai para casa com US$ 5 milhões; o segundo, US$ 4 milhões; o terceiro, US$ 2,5 milhões; e o quarto, US$ 2 milhões.Com a decisão do quinto lugar, todas as equipes terão chance de disputar pelo menos duas partidas durante a competição - com exceção dos times que perderam a partida de abertura. Além disso, foi confirmada a presença de um representante do país organizador. Este ano, será o campeão japonês de 2008.O russo Viacheslav Kolosov, à frente da comissão organizadora do Mundial de Clubes disse que o torneio será disputado de 11 a 21 de dezembro de 2008 (datas sujeitas a aprovação do Comitê Executivo da Fifa) e voltará a ter como palcos o Estádio Nacional de Tóquio, o Estádio de Toyota e o Estádio Internacional de Yokohama.Os anfitriões das edições 2009 e 2010 serão anunciados em 27 de maio. Três candidaturas apresentaram proposta: Austrália, Emirados Árabes Unidos e Japão (que sediou todas as edições do Mundial até hoje). Estes países deverão apresentar à Fifa a documentação completa de sua candidatura até 15 de maio deste ano.

Tudo o que sabemos sobre:
FifaMundial de Clubes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.