Fifa aprova desempenho da arbitragem na Copa

O chefe de arbitragem da Fifa, José María García-Aranda, afirmou nesta segunda-feira que está até o momento "muito, muito satisfeito" com o desempenho dos juízes na Copa do Mundo da África do Sul.

AE-AP, Agência Estado

21 de junho de 2010 | 09h34

Veja também:

link'Vivo de gols, agora terei tranquilidade'

especial CRONOLOGIA: Copa, dia a dia

tabela TABELA - Jogos | Classificação | Simulador |

Embora tenha reconhecido que algumas decisões da arbitragem foram equivocadas, García-Aranda se negou a comentar controvérsias específicas, como o gol anulado dos Estados Unidos no final da partida contra a Eslovênia, quando o jogo estava empatado por 2 a 2.

Na opinião do dirigente, os erros são naturais dos homens, mas os juízes conseguiram manter um alto nível no Mundial. García-Aranda explicou ainda que os árbitros não precisam explicar cada detalhe que ocorre em uma partida. Se isso acontecesse, ele opinou que haveria uma distração perigosa que resultaria em erros maiores.

 

 

 

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2010futebolFifaarbitragem

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.