Juan Medina|Reuters
Juan Medina|Reuters

Fifa libera Real e Atlético de Madrid para negociações

Punição fica suspensa até que recursos dos clubes sejam julgados

Estadão Conteúdo

29 Janeiro 2016 | 17h04

Atlético de Madrid e Real Madrid informaram nesta sexta-feira, em comunicados separados, que a Comissão de Apelação da Fifa decidiu conceder efeito suspensivo à sanção imposta aos dois clubes. Assim, fica suspensa, até que seja julgado os recursos dos dois rivais, a punição que proibia ambos de contratarem jogadores a partir da próxima janela de transferências.

O efeito suspensivo, entretanto, não tem muita finalidade na prática. Real Madrid e Atlético de Madrid estão liberados para contratar na atual janela internacional de transferências na Europa. A punição só começaria a valer no meio do ano e, até lá, espera-se que o caso já tenha sido julgado em última instância.

Ao anunciar a punição, há duas semanas, a Fifa as classificou como um esforço para proteger os direitos dos jogadores. Uma punição parecida já havia sido aplicada ao Barcelona por conta da importação ilegal de menores, deixando o clube proibido de realizar qualquer contratação no ano passado.

A punição - agora suspensa - impede que os dois clubes de Madri façam novas contratações na janela de meados de 2016 e no mercado de janeiro de 2017. Novos reforços poderiam ser contratados, portanto, apenas após o fim da temporada 2016/2017 do futebol europeu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.