Fifa confirma nove candidaturas para a Copa de 2018

A Fifa confirmou nesta terça-feira a inscrição de nove candidaturas a sede da Copa do Mundo de 2018. Segundo a entidade, todos os países que haviam manifestado o interesse em realizar a competição confirmaram o pedido até o encerramento do prazo, à meia-noite desta terça-feira, no horário europeu.

AE, Agencia Estado

17 de março de 2009 | 09h23

Foram inscritas inclusive as candidaturas conjuntas de Portugal e Espanha e de Bélgica e Holanda, que haviam sido criticadas pelo presidente da Fifa, Joseph Blatter, por exigir investimentos maiores de infraestrutura, sem garantia de retorno financeiro. Também querem sediar o Mundial de 2018: Austrália, Inglaterra, Indonésia, Japão, México, Rússia e Estados Unidos.

As campanhas valem também para a Copa de 2022, para a qual se inscreveram ainda Catar e Coreia do Sul, que não têm interesse no Mundial de 2018. A decisão das duas sedes será anunciada pelo Comitê Executivo da Fifa em dezembro de 2010. As associações nacionais têm até dezembro deste ano para enviar o caderno de encargos.

"É muito bom ver o extraordinário interesse por nossa principal competição", afirmou Blatter. "É importante destacar a diversidade e qualidade dos candidatos, que promoverão um processo de seleção muito interessante. Isso demonstra a importância da Copa do Mundo como um evento de dimensão internacional."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.