Dmitri Lovetski / AP Photo
Dmitri Lovetski / AP Photo

Fifa confirma que 120 mil ingressos de carga extra para a Copa foram alocados

Bilhetes estavam na carga de contingência e seriam destinados a patrocinadores e convidados

Estadão Conteúdo

09 Junho 2018 | 08h38

A Fifa anunciou neste sábado que 120 mil ingressos extras colocados à venda para jogos da Copa do Mundo da Rússia foram alocados por torcedores. Estes bilhetes estavam na carga de contingência da própria entidade e parte dela seria destinada a patrocinadores e federações.

‘Sobreviventes’ do 7 a 1 estão de pé e garantem estar prontos para volta por cima

Messi e Cristiano Ronaldo dividem a publicidade nas ruas de Moscou

Líderes usam Copa do Mundo para exibir a ‘nova’ Chechênia

Esta é a fase final de comercialização de entradas para o Mundial e vai até o dia da final da competição, em 15 de julho. A carga extra ficou disponível nesta semana para vendas por meio do site FIFA.com/tickets e o órgão máximo do futebol informou que apenas um estoque limitado de bilhetes continua disponível para compra.

Por meio de comunicado divulgado em seu site oficial, a Fifa informou que um sistema de aviso existente nesta sua página de comercialização dos ingressos irá determinar aos torcedores a disponibilidade das entradas alocadas.

Desde o início das vendas, mais de 2,5 milhões de bilhetes do Mundial foram alocados ao redor do mundo, sendo que a Fifa lembrou neste sábado que ingressos para algumas partidas específicas, que inicialmente estavam indisponíveis, podem se tornar disponíveis devido à possibilidade dos mesmos sem revendidos por meio da página FIFA.com/Tickets.

 

Neste site foi criada uma plataforma especial de transferência e revenda de ingressos, que podem ter os seus respectivos detentores mudados de acordo com as regras estabelecidas pela Fifa neste processo.

Na última quinta-feira, a Fifa divulgou uma nova parcial de venda de ingressos para a Copa e anunciou que 2.403.116 bilhetes haviam sido comercializados para os 64 jogos do torneio, que começará no próximo dia 14, em Moscou, com o confronto entre Rússia e Arábia Saudita.

Neste sábado, a Fifa também voltou a alertar que o site FIFA.com/tickets é o único oficial e legítimo para compra de ingressos do Mundial e que os bilhetes obtidos por meio de qualquer outra fonte serão cancelados automaticamente uma vez identificados, sendo que o portador dos mesmos não serão autorizados a acessar os estádios e não terão direito a qualquer reembolso ou compensação em caso de as entradas serem falsas.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.