Fifa decide enviar Togo para Comissão Disciplinar

A Comissão Disciplinar da Fifa vai analisar o comportamento da seleção togolesa de futebol durante a Copa do Mundo da Alemanha. A informação foi divulgada nesta sexta-feira pelo presidente da entidade, o suíço Joseph Blatter.O treinador de Togo, o alemão Otto Pfister, chegou a abandonar o comando da seleção por três dias por causa da briga entre jogadores e dirigentes para acertar o valor da premiação - inclusive, os atletas ameaçaram não entrar em campo contra a Suíça."A federação será convocada para explicar o seu comportamento. Não importa que seja a primeira ou décima participação no Mundial. A maneira como todos agiram nesta Copa perturba o ambiente positivo do futebol", lamentou Blatter.Todo perdeu as duas partidas disputadas até aqui - 2 a 1 para a Coréia do Sul e 2 a 0 para a Suíça. Ainda nesta sexta, a seleção fará o seu último jogo na Copa, contra a França.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.