Fifa definirá simultaneamente sedes de Copas de 2018 e 2022

A Fifa anunciou no sábado que os países sede das Copas de 2018 e 2022 serão definidos ao mesmo tempo em dezembro de 2010. Após uma reunião do comitê executivo em Tóquio, o presidente da Fifa, Sepp Blatter, disse que a disputa será lançada este mês e que não haverá restrição para que países se candidatem aos dois torneios. Blatter confirmou que há interesse da América do Norte à Austrália. Segundo ele, a Inglaterra, que não sedia uma Copa desde 1966, será uma forte candidata para 2018. "A Inglaterra será uma forte candidata, mas há outros", disse Blatter a repórteres. "Há a Espanha --sozinha, ou com Portugal. "Nós temos outro documento interessante da Holanda e Bélgica juntas. Talvez o Qatar, não tendo sido considerado para as Olimpíadas, tentará a Copa. A disputa está aberta." A competição por 2018 já começou de fato, com Austrália, China, Méximo e Rússia também tendo sinalizado interesse. O Brasil sediará a Copa de 2014. O plano da Fifa de promover uma concorrência simultânea é visto em parte como um esforço de dar aos futuros países sede mais tempo para completar obras de infra-estrutura em tempos de recessão global. A Fifa disse recentemente que a pressa da África do Sul em completar as obras necessárias para a Copa de 2010 era uma prova de que os países sede demandavam mais tempo para se preparar. "Também será uma boa oportunidade para patrocinadores e parceiros de marketing serem reservados para 2018 e 2022", disse Blatter. "Quanto todos estão falando de uma recessão temos de considerar que ela também afetará nosso torneio. A Fifa está em posição segura, com reservas de 800 milhões de dólares, mas também precisamos olhar para nossos parceiros." "(Problemas) de patrocínio afetaram outros esportes internacionais --críquete e Fórmula 1. Não podemos dizer que o futebol estará seguro."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.