Fifa destina 50 mil ingressos da Copa a beneficiários do Bolsa Família

A Fifa anunciou nesta quarta-feira que serão destinados 50 mil ingressos da Copa do Mundo de 2014 para beneficiários do Bolsa Família, um desejo antigo do ministro do Esporte, Aldo Rebelo.

Reuters

28 de novembro de 2012 | 17h40

"Temos conversado muito sobre como as pessoas mais necessitadas poderiam ter acesso aos ingressos", disse Valcke durante entrevista coletiva em São Paulo. "Estamos no final do ano e quero dar um presente para todas essas pessoas do Bolsa Família", completou.

Valcke explicou que caberá ao ministro do Esporte distribuir esses ingressos para os integrantes do programa do governo de transferência direta de renda que beneficia famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza.

Rebelo, que sempre defendeu a inclusão das pessoas mais necessitadas no Mundial, comemorou a notícia, mas não disse como as entradas serão divididas.

"Sabemos que os ingressos são limitados, então quando recebemos uma doação da Fifa... é um gesto de homenagem ao povo que ama o futebol", afirmou Rebelo.

"É um gesto que recebemos como de elevado significado para nosso país e nosso povo. O povo brasileiro ama o futebol, que é um elemento da nossa cultura, do nosso imaginário, da nossa formação", disse.

"O futebol é uma grande plataforma de inclusão social, por isso ele é tão querido", finalizou ele.

(Reportagem de Tatiana Ramil)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.