Sergio Perez/Reuters
Sergio Perez/Reuters

Fifa deve liberar Diego Costa para jogar na seleção espanhola

Federação Espanhola de Futebol espera resposta positiva sobre atacante brasileiro nesta semana ainda

Mateus Andrighetto Tamiozzo, especial para o Estado, O Estado de S.Paulo

25 de setembro de 2013 | 17h17

SÃO PAULO - A Federação Espanhola de Futebol aguarda, ainda nesta semana, aprovação da Fifa para a convocação do brasileiro Diego Costa, atacante do Atlético de Madri, para a seleção comandada por Vicente del Bosque. Segundo informa o jornal espanhol As nesta quarta-feira, a entidade espanhola já havia consultado a Fifa, que solicitou apresentação por escrito para análise jurídica.

O regimento da Fifa aponta que "um jogador com mais de uma nacionalidade poderá mudar de federação se não tiver jogado uma partida oficial em competição internacional em que a federação (no caso, a espanhola), se encontre". Diego Costa chegou a ser convocado em março por Luiz Felipe Scolari, porém, ele não esteve na Copa das Confederações – o Brasil enfrentou a Espanha na final da competição. Assim, o Brasil não pode impedir que a mudança se concretize.

Conforme a publicação espanhola, a Federação daquele país já fez sondagens ao atleta. Diego Costa teria informado que aceitaria uma possível convocação de Vicente del Bosque. O atacante possui dupla nacionalidade desde 5 de julho. Na Espanha desde 2008, quando tinha 18 anos, Diego Costa teve passagens por diversos clubes do país por meio de empréstimos a partir do Atlético de Madri. Atualmente, é goleador do Campeonato Espanhol, ao lado de Messi, do Barcelona, com sete gols em seis partidas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.