Fifa distribuiu 70 mil ingressos na África do Sul

A Fifa revelou ter distribuído 70 mil ingressos para torcedores sul-africanos durante a primeira fase da Copa das Confederações. A entidade decidiu ceder as entradas porque no início da competição os estádios não estavam lotados, o que causou críticas aos organizadores do torneio, que serve de ensaio para a Copa do Mundo de 2010.

AE, Agencia Estado

24 de junho de 2009 | 11h46

"A quantidade de entradas de cortesia durante a fase de grupos alcançou os 70 mil", disse, nesta quarta-feira, Nicolas Maingot, porta-voz da Fifa. Ele ressaltou, ainda, que um número definitivo será revelado após o encerramento da Copa das Confederações.

A Fifa também anunciou que cederá alguns ingressos para a semifinal entre Espanha e Estados, nesta quarta-feira, em Bloemfontein, mas não precisou um número exato.

Para a outra semifinal, entre Brasil e África do Sul, na quinta-feira, em Johannesburgo, no Estádio Ellis Park, a Fifa indicou que ainda restam 1,7 mil ingressos por US$ 120. Para esta partida, não serão liberadas entradas para populares.

Para a decisão, no próximo domingo, os preços dos ingressos variam entre US$ 10 e US$ 200, o que deixa muitas entradas fora do alcance da maioria da população sul-africana, que sofre com uma taxa de 25% de desemprego.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.