Agilberto Lima/Estadão
Agilberto Lima/Estadão

Fifa diz ter encontrado base original da Taça Jules Rimet

Peça é encontrada em porão da sede da entidade e vai para novo museu. Troféu foi roubado no Brasil em 1983 e nunca mais foi visto

Estadão Conteúdo

13 de janeiro de 2015 | 11h13

Um pedaço do troféu original da Copa do Mundo, a Taça Jules Rimet, foi encontrado e vai ser exibido no futuro museu da Fifa. Um membro da entidade encontrou a base de pedra da Jules Rimet no mês passado em um porão da sede da Fifa, segundo contou David Ausseil, diretor criativo do museu, nesta terça-feira. "É como encontrar uma múmia egípcia", disse Ausseil. "Você não pode colocar um preço sobre isso porque é a joia da família."

A peça, uma base octogonal azul, tem dez centímetros e é feita da pedra semipreciosa lazuli, disse Ausseil. Ela carrega os nomes dos vencedores das quatro primeiras edições da Copa do Mundo, entre 1930 e 1950, com dois títulos do Uruguai (1930 e 1950) e outros dois da Itália (1934 e 1938).

Ausseil explicou que o troféu recebeu uma nova base antes do torneio de 1954, vencido pela Alemanha Ocidental. A estatueta de ouro foi entregue permanentemente ao Brasil depois que a seleção ganhou o seu terceiro título mundial, em 1970.

A Jules Rimet, no entanto, foi roubada em 1983 e nunca mais recuperada. "Nós pensávamos que (a base) havia sido perdida no Brasil", disse Ausseil. O diretor fez a revelação durante uma visita ao local da construção do museu, no centro de Zurique. O Museu do Futebol Mundial, com três andares, está programado para ser aberto em março de 2016. A Fifa anunciou o projeto em 2012.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFifaJules Rimet

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.