Fifa e o COL definem prazo final para os estádios atrasados da Copa

As seis arenas que não estavam prontas para a Copa das Confederações devem estar 100% concluídas até março

Lauriberto Braga, Especial - O Estado de S.Paulo

17 de janeiro de 2014 | 13h16

FORTALEZA - A Fifa e o Comitê Organizador Local (COL) deram um prazo até março para as seis arenas que não participaram da Copa das Confederações em 2013 fiquem prontas para a Copa 2014. O gerente geral de integração operacional do COL, Tiago Paes, disse nesta sexta-feira (17), aos fazer a última vistoria na Arena Castelão, em Fortaleza, antes da Copa, que estamos trabalhando com o sucesso de todas doze arenas. E o prazo para as seis que não participaram da Copa das Confederações é março, quando faremos a última visita de inspeção".

Nesta sexta-feira, um grupo de 52 técnicos da Fifa e do COL fez adequações para a Arena Castelão, que foi o primeiro estádio entregue para o Mundial de 2014, em dezembro de 2012. "Detectamos agora que precisamos melhorar a localização do estacionamento devido a obra do Centro de Formação Olímpica, que fica ao lado do Castelão. Temos que melhorar a transmissão para mais de duzentos países. E fizemos acertos de alguns detalhes das 19 áreas que incidem na operação para o dia do jogo", informou Paes.

Segundo ele, o "trabalho para esta operação é diário. Somente na Arena Castelão temos dez pessoas cuidando disso diariamente. Então isso é um trabalho de dia a dia, ombro a ombro, COL, Fifa e as secretarias da Copa. Então esta inspeção é apenas para uma evolução do trabalho que vem sendo executado dia a dia". O chefe do Departamento de Operações da Copa 2014, Chris Unger, que coordenou a inspeção na Arena Castelão, afirmou que "estamos fazendo apenas uma revisão dos planos, pois na Copa das Confederações foi um teste para o nosso replanejamento. Mas agora para  Copa do Mundo Fifa as demandas são diferentes. E aprendemos com as coisas do passado para acertar na Copa do Mundo. Mas não há revolução de planos, mas sim uma evolução dos planos".

O secretário especial estadual da Copa, Ferruccio Feitosa, reconheceu que precisa ainda melhorar a estrutura de telefonia móvel. "Foi feito um grande investimento da iniciativa privada, onde mais de 200 antenas foram colocadas aqui mais a móveis, Melhorou, mas precisa melhorar ainda mais. Mas temos que pressionar o Governo Federal para que ele pressione as empresas do sistema de telefonia que melhore ainda mais. Porém se todo céu da Arena Castelão for dotado de antenas, ainda assim não daria para suprir as necessidades de vinda de 2 mil jornalistas para a cobertura, a transmissão via redes sociais".

De Fortaleza, a inspeção da Fifa-COL segue para Arena Pernambuco, onde neste sábado fará sua última vistoria. Na quinta-feira (16), a Inspection Tour última foi feita no Maracanã, no Rio de Janeiro. Ainda neste mês a vistoria operacional será feita nas arenas Fonte Nova (Salvador), Mineirão (Belo Horizonte) e Nacional Mané Garrincha (Brasília).

EXCEÇÃO

A Arena Corinthians (São paulo) tem como prazo o dia 15 de abril. Esta data foi dada após a queda de um guindaste em parte do estádio, no 27 de novembro do ano passado. O acidente acabou vitimando dois operários.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2014Copa do MundoFifaCOL

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.