Fifa e Uefa conseguem acabar com o 'G-14'

Grupo dos principais clubes europeus é dissolvido, mas entidades futebolísticas prometem compensações

15 de janeiro de 2008 | 16h39

Depois de muitas conversas, o G-14, grupo que integra os principais clubes da Europa, será dissolvido, acabando, assim, com todas as ações judiciais que tal grupo havia feito contra a Fifa e a Uefa, de acordo com anúncio oficial divulgado nesta terça-feira. Como "compensação" pela dissolução do grupo, a Fifa e a Uefa concordaram em dar legitimidade a um novo grupo a ser feito pelos principais clubes europeus, que deverá chamar-se "Associação Européia de Clubes".Além de dar legitimidade ao novo grupo, a Fifa e a Uefa prometeram dar contribuições financeiras aos jogadores que estiverem envolvidos nas Eurocopas ou Copas do Mundo, como forma de compensar suas ausências em seus respectivos clubes. (com Efe)

Tudo o que sabemos sobre:
UefaFifafutebol europeu

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.