Fifa elogia planos para limite de mandatos e teto de idade

O comitê executivo da Fifa saudou nesta terça-feira planos de reforma que incluem limites de mandatos e um teto de idade para dirigentes da entidade.

REUTERS

20 de outubro de 2015 | 11h48

O plano preliminar pede por um limite de mandato de 12 anos e idade máxima de 74 anos para o presidente da Fifa e membros do conselho da organização.

As propostas de reforma pedem que o comitê executivo seja substituído por um novo conselho da Fifa. Os planos foram feitos pelo comitê de reforma da Fifa e um conjunto completo de propostas será produzido no próximo comitê executivo, em dezembro.

O congresso da Fifa de 26 de fevereiro, onde todas as 209 associações participantes estarão presentes, votará sobre as propostas finais.

(Reportagem de Brenna Hughes Neghaiwi)

Tudo o que sabemos sobre:
FUTFIFAPLANO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.