Fifa escolhe árbitro sueco para apitar Brasil x Camarões

A Fifa anunciou neste sábado que o sueco Jonas Eriksson será o árbitro da última partida da seleção brasileira no Grupo A da Copa do Mundo, o duelo com Camarões, às 17 horas desta segunda-feira, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Esta será a segunda partida na competição a ser apitada pelo juiz de 40 anos.

LEANDRO SILVEIRA, Agência Estado

21 de junho de 2014 | 10h48

Eriksson está em sua primeira Copa e foi o árbitro da vitória dos Estados Unidos por 2 a 1 sobre a seleção de Gana, em Natal, pela primeira rodada da fase de grupos. Em 2013, o sueco comandou a disputa da Supercopa da Europa em Praga, onde o Bayern de Munique se sagrou campeão ao derrotar o Chelsea na disputa de pênaltis, após empate por 2 a 2.

Agora, Eriksson terá a oportunidade de apitar a partida que definirá o futuro da seleção anfitriã na Copa - um empate com os já eliminados camaroneses garante a classificação do Brasil para as oitavas de final da competição.

Na próxima segunda-feira, o sueco tentará ficar fora das polêmicas que vêm marcando os jogos do Brasil no Mundial. Afinal, no jogo de abertura, a vitória por 3 a 1 sobre a Croácia, houve muita reclamação por causa do pênalti marcado no atacante Fred quando o duelo estava empatado em 1 a 1.

Depois, com bem menos repercussão, os jogadores e a comissão técnica da seleção reclamaram de um suposto pênalti que não foi assinalado no lateral-esquerdo Marcelo no empate por 0 a 0 com o México.

Além de obter a classificação para as oitavas de final da Copa, a seleção tem outra preocupação para o duelo com Camarões, pois a equipe tem quatro jogadores pendurados com um cartão amarelo, incluindo o capitão Thiago Silva e o craque Neymar. Os outros são os volantes Luiz Gustavo e Ramires. Eles terão que cumprir suspensão automática na partida seguinte caso sejam advertidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.