Fifa faz censo sobre futebol no mundo

O futebol tem em torno de 250 milhões de praticantes no mundo. Essa é a conclusão à qual chegou a Fifa, depois de organizar as respostas do censo que fez com suas 204 associações filiadas. Cerca de 80% dos países que integram a entidade responderam ao questionário, divulgado oficialmente nesta terça-feira.Não se trata de computar a quantidade de atletas profissionais, mas das pessoas (homens e mulheres) que regularmente se dedicam à prática do futebol e que são inscritas em alguma associação. Em números absolutos, a Ásia está na frente, com 105 milhões de jogadores. Mas isso equivale a 3% da população total da área.O percentual mais expressivo fica por conta da Concacaf - a região do Caribe e das Américas Central e do Norte. Lá há 38,5 milhões de adeptos ou 8% da população. A Europa tem 52,6 milhões (6,7%), enquanto a América do Sul aparece com 22 milhões (6,5%). A Oceania tem apenas 1,27 milhão, mas o equivalente a 4,4% das pessoas que vivem no continente. A África vem em último lugar, com 22,5 milhões ou 2,9% do total.A Fifa constatou ainda que o futebol feminino cresce e já tem quase 22 milhões de simpatizantes. Quase a metade (10,5 milhões) na Concacaf, mais especificamente nos EUA, maior potência na modalidade. A Ásia tem 6,1 milhões de garotas correndo regularmente atrás da bola. Na Europa são 3 milhões, na América do Sul 690 mil e na Oceania 94 mil.Outro dado interessante que surgiu da tabulação refere-se à quantidade de árbitros, auxiliares e fiscais. São mais de 5 milhões pelo mundo, que decidem a sorte das partidas e ouvem reclamações de jogadores, torcedores e dirigentes. O estudo conclui, com otimismo, que o "futebol é o esporte mais praticado no mundo". Para alegria de Joseph Blatter e seus parceiros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.