Fifa faz ofensiva contra racismo

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, disse neste sábado que chegou o momento de acentuar a luta contra o racismo no futebol. Os recentes acontecimentos envolvendo discriminação em alguns estádios europeus paracem ter despertado a atenção da entidade. Em comunicado oficial, o dirigente suíço afirmou que é hora de agir. ?Temos de sair das palavras para as ações?, prometeu. ?Tais resoluções estão mais do que nunca em destaque.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.