Fifa faz seguro milionário para Copa do Mundo no Brasil

Seguro para evitar prejuizos com desastres ou outros atos foi fixado no valor de US$ 650 milhões

Jamil Chade, Agencia Estado

24 de outubro de 2008 | 22h18

A Fifa fez um seguro milionário para a Copa do Mundo no Brasil em 2014 para evitar perdas caso o evento seja cancelado ou mudado de país. A entidade máxima do futebol garantiu que está confiante que a atual crise financeira não atingirá nem a Copa no Brasil nem a Copa em 2010 na África do Sul. Mesmo assim fechou um seguro de US$ 650 milhões para os dois eventos. Veja também:Fifa quer controlar a venda de jogadores menores de idadeDê seu palpite no Bolão Vip do Limão"Para garantir as Copas de 2010 e de 2014 - e evitar prejuízos com desastres ou outros atos - decidimos fazer um seguro para os eventos", afirmou Joseph Blatter, presidente da Fifa. A entidade garante que o seguro serve para proteger qualquer situação em que o evento tenha de ser adiado ou mudado de local. Mas a Fifa garante que essa é uma prática comum. "Não há nada que indique uma falta de confiança no comitê organizador de 2010", afirmou a entidade. A Fifa insiste que sempre houve um seguro para os eventos contra catástrofes naturais ou outros problemas, entre eles terrorismo, guerras, epidemias e instabilidade política ou econômica.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFifaCopa do Mundo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.