Fifa fixa multa rescisória do brasileiro Matuzalém

Zaragoza, da Espanha, terá de pagar uma multa de 6,8 milhões de euros ao Shakthar Donetsk, da Ucrânia

Efe

01 de março de 2008 | 15h22

A Fifa anunciou que o Zaragoza, da Espanha, terá de pagar uma multa de 6,8 milhões de euros ao Shakthar Donetsk para manter o meia-atacante brasileiro Matuzalém, que rescindiu seu contrato com os ucranianos em julho de 2007.   O brasileiro, que está quase em condições de jogo após ter passado a maior parte da atual temporada se recuperando de uma ruptura parcial do ligamento do joelho esquerdo, fez 25 gols em 68 partidas pelo clube ucraniano, com o qual ganhou dois títulos nacionais e do qual chegou a ser capitão.   O Shaktar Donetsk tinha pedido 25 milhões de euros pela saída de Matuzalém, mas a Fifa estabeleceu a quantia final da compensação em 6,8 milhões de euros.   O meia-atacante pode ser a principal novidade do Zaragoza no jogo de domingo contra o Levante, pela 26ª rodada do Campeonato Espanhol.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.