Fifa impede participação de Gerrard, Pirlo e Xavi em jogo no Kuwait

Steven Gerrard, Andrea Pirlo e Xavi Hernandez foram impedidos de jogar uma partida amistosa no Kuwait por causa da suspensão do país do Golfo do futebol internacional. O Kuwait foi suspenso pela Fifa em outubro por causa da interferência governamental no futebol, em um caso que ameaça a participação da seleção do país nas Eliminatórias Asiáticas para a Copa do Mundo de 2018.

Estadão Conteúdo

15 de dezembro de 2015 | 13h08

A proibição se estende aos jogadores ativos registrados em clubes. Assim, impede a participação deles no amistoso denominado Football Champions Tour e que será disputado na próxima sexta-feira no Kuwait entre um time de estrelas internacionais e uma equipe formada por jogadores do país.

Os organizadores disseram que Pirlo e Gerrard, que disputam a MLS - a principal liga de futebol dos Estados Unidos -, bem como Xavi, que joga no futebol do Catar, não terão condições de participar do amistoso.

"Tal princípio, naturalmente, também precisam ser seguidos em todos os níveis esportivos envolvendo o futebol no território do Estado do Kuwait", disse Markus Kattner, secretário-geral em atividade da Fifa.

O jogo promete reunir outros grandes nomes do futebol, casos de Ronaldinho Gaúcho, que deixou o Fluminense no fim de setembro, está sem clube, mas garante que seguirá atuando profissionalmente, Paul Scholes, Carles Puyol, Luis Figo, Deco e Andriy Shevchenko, todos esses já aposentados.

O Comitê Olímpico Internacional também suspendeu o Kuwait, o que impedirá a participação dos seus atletas nos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio, caso o impasse não seja solucionado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.