Fifa informa que punição a De Rossi sai "até o dia 23"

O Comitê Disciplinar da Fifa pretende anunciar a decisão sobre as expulsões do jogador italiano Daniele de Rossi e dos norte-americanos Eddie Pope e Pablo Mastroeni "até o dia 23 de junho, talvez antes", disse nesta segunda-feira o porta-voz da entidade, Markus Siegler.Os três jogadores foram expulsos pelo árbitro uruguaio Jorge Larrionda durante a partida entre as duas seleções disputada no último sábado, em Kaiserslautern. Como a expulsão leva a uma suspensão automática de um jogo, o Comitê Disciplinar dispõe de uma boa margem de tempo para avaliar cada caso, que exige uma audiência com o jogador implicado.Os atletas expulsos vão cumprir a suspensão automática na próxima quinta, quando as equipes disputarão a última rodada da primeira fase do grupo E. A Itália vai enfrentar a República Checa, e os Estados Unidos vão jogar contra Gana. Todas as quatro seleções ainda têm chances de classificação às oitavas-de-final.O porta-voz da Fifa anunciou também que foi aberta uma investigação sobre o jogador australiano Harry Kewell por "insultar repetidamente o árbitro na partida contra o Brasil (o alemão Marcus Merk), como consta em relatório". O atleta tem até esta terça-feira (dia 20) para apresentar sua defesa.Antes de deixar o campo, o atacante foi até o juiz para reclamar de sua atuação, apontando-lhe o dedo no rosto. Mas em entrevista ao final da partida, Kewell afirmou que seu comportamento foi produto do "nervosismo do momento". E explicou: "Acabei ficando frustrado, porque perdemos a partida. Entramos e jogamos contra os campeões do mundo e acabamos saindo derrotados. Foi um jogo difícil para o juiz, mas acho que ele fez um bom trabalho".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.