Fillipo Monteforte/AFP
Fillipo Monteforte/AFP

Fifa investiga ida de Salah para a Roma e pode punir o Chelsea

Denúncia foi feita pela Fiorentina, onde o jogador estava emprestado

Estadão Conteúdo

11 de setembro de 2015 | 10h37

Uma denúncia feita pela Fiorentina promete dar dor de cabeça ao Chelsea e pode até acarretar em uma punição ao clube inglês. Nesta sexta-feira, a Fifa anunciou que "recebeu uma reclamação" do time de Florença e, por isso, está investigando a transferência do egípcio Mohamed Salah para a Roma.

A Fiorentina enviou um protesto formal à Fifa, contestando o direito do Chelsea de negociar Salah com a Roma por empréstimo de um ano. O jogador passou parte da última temporada emprestado ao clube de Florença, que alega que possuía prioridade na renovação do vínculo e tinha acordo para a prorrogação.

A Fifa deve investigar o caso pelos próximos meses. Se considerar que a Fiorentina tem razão, pode suspender Salah por quatro meses e impedir o Chelsea e até a Roma de contratarem qualquer jogador por um ano.

Em 2009, o Chelsea foi punido em caso semelhante, quando a Fifa viu irregularidade na compra de Gael Kukukta, do Lens. A entidade impôs a punição de um ano sem contratações aos londrinos, mas suspendeu a sanção depois que houve um acordo financeiro entre o time inglês e os franceses.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.