Fifa libera telões na Copa de 2006

A Fifa anunciou nesta quinta-feira um acordo para que os 64 jogos da Copa do Mundo de 2006 sejam mostrados gratuitamente em telões instalados em todas as cidades do país que demonstrarem interesse em exibi-los. A medida foi uma reação à onda de reclamações dos alemães sobre o pequeno número de ingressos que estarão disponíveis para venda no país."A Alemanha tem 80 milhões de habitantes e pelo 30 milhões gostariam de ter um ingresso. Obviamente isso é impossível, porque haverá apenas 3,2 milhões de entradas à disposição do público", explicou o presidente da Fifa, Joseph Blatter.O primeiro lote de ingressos - 850 mil bilhetes - será colocado à venda pela internet a partir do dia 1º de fevereiro. Cada pessoa pode pedir até quatro ingressos para sete partidas, mas como a procura será muito maior do que o número de bilhetes, haverá um sorteio para determinar quem receberá os bilhetes.A transmissão dos jogos em telões ficará a cargo da empresa Infront. Antes do acordo, estava estabelecido que apenas as 12 cidades-sede poderiam ter telões mostrando os jogos. Diante da revolta dos moradores de outras cidades e da escassez de ingressos no país, houve uma negociação para permitir que todos pudessem ver os jogos de graça.A Fifa e a Infront informaram que cobrarão para ceder as imagens quando a exibição ocorrer em locais fechados e com cobrança de ingresso, como cinemas e teatros. Nesse caso, a renda obtida será doada para organização beneficente Aldeias Infantis SOS."A Fifa está feliz com o acordo alcançado. Agora existe transparência em todos os pontos e espero que terminem imediatamente as especulações que surgiram em torno desse assunto", afirmou Joseph Blatter.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.