Fifa minimiza chances de São Paulo sediar Copa das Confederações de 2013

Entidade máxima do futebol decidirá o restante dos estádios da competição no dia 29 de junho

Jamil Chade, de O Estado de S.Paulo,

11 de maio de 2011 | 16h36

GENEBRA - A Fifa tomará uma decisão sobre as cidades que serão sede da Copa das Confederações de 2013 no dia 29 de julho e reconhece oficialmente que não vê boas chances para São Paulo. "Não vemos com otimismo (a situação da cidade de São Paulo)", afirmou Jerome Valcke, secretário-geral da entidade.

Há dois dias, ele conversou com jornalistas brasileiros na Fifa e havia indicado que a cidade de São Paulo estaria com problemas, chegando a dizer que "não seria trágico" deixar a capital paulista de fora. Para ele, os jogos poderiam ocorrer em outras sedes.

Nesta quarta, informou que a decisão será tomada apenas em dois meses e que ainda não há uma posição definitiva. Isso, segundo ele, não quer dizer que as chances sejam altas.

A questão é saber se o estádio de Itaquera ficaria pronto até o final de 2012, seis meses antes do torneio de 2013. O secretário-geral disse também que não via com otimismo essa possibilidade.

Mesmo sem o estádio em Itaquera, Valcke reconfirmou que "não existe qualquer possibilidade de que o Morumbi seja usado".

Sobre a situação dos aeroportos, o cartola confirmou que essa é uma preocupação. Mas que os projetos de privatização são considerados como uma esperança de que os problemas serão resolvidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.