Maxim Shemetov/Reuters
Maxim Shemetov/Reuters

Fifa muda treino do Marrocos para evitar desgaste de gramado em Kaliningrado

Pela primeira vez nesta Copa do Mundo, uma seleção não poderá treinar no gramado de um estádio na véspera de jogo

Estadão Conteúdo

23 Junho 2018 | 22h42

Pela primeira vez nesta Copa do Mundo, uma seleção não poderá treinar no gramado de um estádio na véspera de jogo para preservar o gramado. É o que vai acontecer com o Marrocos, impedido pela Fifa de fazer a atividade de reconhecimento na Arena Kaliningrado neste domingo, um dia antes do duelo contra a Espanha, pelo Grupo B do Mundial.

+ Com Neymar 'apagado', Coutinho vira o 'dono da seleção' na Copa

+ Veja os gols do dia na Copa do Mundo da Rússia

+ Saiba o que a Alemanha precisa fazer para se classificar e pegar o Brasil

De acordo com a seleção marroquina, a Fifa fez o pedido porque o gramado do estádio teria sofrido desgaste excessivo em razão da chuva que vem caindo na cidade nos últimos dois dias. A entidade trocou o local de treinamento para que o campo esteja em boas condições para a partida de segunda.

Com a decisão, a seleção marroquina vai treinar no estádio Logmetev nas proximidades da arena do jogo. A Real Federação Espanhola de Futebol não informou ainda se a equipe europeia também terá que treinar em local alternativo neste domingo.

 

Marrocos e Espanha vão se enfrentar às 15 horas (horário de Brasília) de segunda-feira. Ao mesmo tempo, Portugal e Irã vão duelar para definir quem serão as duas seleções que vão avançar às oitavas de final no Grupo B. Das quatro equipes, somente o Marrocos já não tem mais chances de ir ao mata-mata.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.