Fifa multa agente brasileiro por negociação do goleiro Gomes

Multa foi de R$ 15 mil e mais custas do processo: entidade alerta para novas e mais severas punições em reincidência

Agência Estado

11 de fevereiro de 2013 | 15h34

SÃO PAULO - A Fifa multou e advertiu um segundo empresário sobre a transferência do goleiro brasileiro Gomes, do PSV Eindhoven para o Tottenham em julho de 2008. A entidade anunciou que sua comissão disciplinar aplicou a pena no agente Renato de Moura Ricardo de 7 mil francos suíços (R$ 15 mil), mais os custos do processo.

O empresário também foi advertido que uma nova violação da legislação de agentes de jogadores resultará em punições mais severas a serem determinadas pelo Comitê Disciplinar da Fifa, o que pode levar a uma suspensão ou até mesmo à remoção da licença para agenciar atletas.

Na sexta-feira, a Fifa impôs as mesmas sanções ao empresário inglês Leon Angel. O agente, cujos clientes incluem o técnico da seleção inglesa, Roy Hodgson, disse que pretende entrar com um recurso na Corte Arbitral do Esporte. A Fifa diz que foi alertada sobre ambos os casos pela Associação de Futebol da Inglaterra em 2011. Formado nas categorias de base do Cruzeiro, onde se consagrou em 2003 com as conquistas dos títulos do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil, Gomes já teve passagens pela seleção brasileira e trocou em janeiro o Tottenham pelo Hoffenheim, da Alemanha.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
FutinterFifaGomes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.