Reuters
Reuters

Fifa multa federações britânicas por homenagens a soldados mortos na guerra

Organização entendeu que as entidades desrespeitaram regra

O Estado de S.Paulo

19 de dezembro de 2016 | 11h25

A Fifa multou nesta segunda-feira quatro federações britânicas de futebol pelo uso da flor de papoula em seus respectivos uniformes em jogos pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. A organização entendeu que as entidades desrespeitaram a regra que proíbe as seleções de "promoverem símbolos políticos" e, por isso, as puniu.

O broxe com a flor de papoula é um símbolo tradicional britânico e simboliza uma homenagem aos mortos na Primeira Guerra Mundial. A Fifa explicou que não questiona "comemorações específicas, já que respeitamos totalmente seu significado", mas reiterou que todas as manifestações políticas ou religiosas devem ser punidas.

"Com estas decisões, não é nossa intenção julgar ou questionar comemorações especificas, já que respeitamos totalmente o significado de tais momentos nos respectivos países, cada um com sua história e enredo. Mas, tendo em mente as regras que precisam ser aplicadas de forma neutra e justa, a exibição de qualquer símbolo político ou religioso deve ser estritamente proibida", comentou em comunicado.

A Associação de Futebol da Inglaterra (FA) foi multada em 45 mil francos suíços (quase R$ 150 mil) por ter exibido o símbolo diante da Escócia, no dia 11 de novembro. Na ocasião, a seleção escocesa também entrou em campo com a flor de papoula e, por isso, terá que pagar 20 mil francos suíços (cerca de R$ 66 mil).

As outras federações punidas foram as da Irlanda do Norte e do País de Gales. Os galeses terão que pagar os mesmos 20 mil francos suíços dos escoceses, enquanto a multa para os norte-irlandeses foi de 15 mil (quase R$ 50 mil).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.