Fifa não espera aumento de audiência de TV na Copa de 2010

A Fifa espera os mesmos índices de audiência na Copa do Mundo de 2010 em comparação com a de 2006, informou o organismo nesta segunda-feira em Johannesburgo.

EFE

20 de abril de 2009 | 13h27

O último Mundial teve audiência de 26,3 bilhões de pessoas e foi transmitido para 214 países e territórios. "Esperamos números muito parecidos para 2010", comentou Niclas Ericson, responsável da Fifa pelos direitos de transmissão, em um evento na cidade sul-africana.

"Mas aguardamos um número recorde na África, onde a cobertura em geral e a transmissão em tv aberta serão muito maiores que em 2006.

O problema com estes números é que muitos países não têm capacidade para medir suas audiências, o que torna difícil prever aumento ou queda", completou.

Segundo Ericson, o objetivo da Fifa é fazer com que todos os habitantes do planeta possam assistir à Copa. Ele também falou da inédita transmissão de jogos ao vivo do evento via celular.

"Desenvolvemos um produto agressivo, porque cada vez mais pessoas utilizam o telefone para ver clipes de partidas, resultados e as classificações de suas seleções", explicou.

A Copa do Mundo de 2010 acontece entre 11 de junho e 11 de julho na África do Sul.

Mais conteúdo sobre:
Copa 2010FifaTVfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.