Fifa não vai mais restringir uso de imagens na Copa

A Fifa decidiu abandonar as restrições que havia imposto contra a divulgação fotográfica na Copa do Mundo. A entidade e a Associação Mundial de Jornais (AMJ) anunciaram nesta segunda-feira o acordo que permite a publicação simultânea de imagens dos jogos na internet.Inicialmente, a Fifa exigiu que as fotografias fossem exibidas na rede após duas horas do fim das partidas e em número limitado. Com a medida, dizia proteger os direitos de seus patrocinadores. ?Entendemos que a publicação de imagens e textos deve ser tratada da mesma maneira, mantendo o respeito à liberdade de imprensa?, disse ontem o presidente da Fifa, Joseph Blatter. Amenizando o discurso, Blatter afirmou que ?atualmente, quase todas as publicações de importância mantêm edições eletrônicas?.A AMJ representa 18 mil jornais e agências de notícia em todo o mundo. A associação negociava o fim das restrições desde novembro. ?A AMJ e a imprensa mundial acolhem com felicidade a sábia decisão de Blatter, que beneficiará milhões de leitores de notícias eletrônicas no mundo?, afirmou Timothy Balding, presidente do órgão. Caso não houvesse um acordo, a AMJ havia ameaçado a Fifa de levar o caso à Justiça, afirmando que a medida interferia na liberdade de imprensa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.