Fifa nega recursos de Davids e Couto

A Fifa negou os recursos apresentados pelas federações portuguesa e holandesa em favor dos jogadores Fernando Couto e Edgar Davids, respectivamente, relativos às punições por doping. Os recursos solicitavam que Couto, da Lazio, e Davids, da Juventus, pudessem jogar as partidas das Eliminatórias da Copa de 2002, por suas respectivas seleções. Amanhã, Portugal vai enfrentar a Irlanda e a Holanda jogará com a Estônia.Couto e Davids foram suspensos por uso de nandrolona, substância considerada anabolizante. A Fifa informou que serão mantidas as sanções iniciais, que determinam que os atletas não poderão defender seus países nas Eliminatórias e em partidas internacionais. A entidade aguarda a decisão do tribunal desportivo da Federação Italiana de Futebol. Os jogadores podem pegar 16 meses de suspensão.

Agencia Estado,

01 de junho de 2001 | 14h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.