Fifa pode impedir saída de Javier Mascherano do West Ham

O argentino Javier Mascherano pode ser impedido pela Fifa de sair do West Ham. Pelo regulamento da entidade, um jogador está proibido de atuar em mais de dois clubes durante o período de um ano. Como o volante deixou o Corinthians há quatro meses, ele terá de cumprir contrato com o clube inglês até o final de agosto.O problema de Mascherano é o mesmo que o atacante Romário enfrenta no Vasco. Por esse motivo, representante de ambos os jogadores tentam uma articulação na Fifa para que ocorra uma "exceção" na regra. No caso do argentino, vale lembrar que o período de negociações do futebol europeu ocorre até o final deste mês. Depois disso, ele só poderá ser negociado no meio do ano - isso, claro, se for liberado pela Fifa.O principal interessado no futebol do jogador é a Juventus, que estuda pagar até oito milhões de euros ao fundo de investimentos MSI, dona dos direitos federativos de Mascherano. Outro clube que demonstrou interesse foi o Liverpool, que poderia recebê-lo por empréstimo até o final da temporada.Aos 22 anos, Mascherano está insatisfeito no West Ham e vem sendo pouco utilizado, o que também pode custar a sua posição na seleção argentina. O atacante Carlitos Tevez vive a mesma situação.Mascherano terá Boa Morte como companheiroO West Ham acertou nesta sexta-feira a contratação do atacante português Luis Boa Morte, que estava no Fulham. O jogador é uma das principais apostas da diretoria para tentar tirar o time da zona de rebaixamento do Campeonato Inglês."Estou decepcionado com a atitude dele", contou o técnico do Fulham, Chris Coleman. "Mesmo assim, desejo boa sorte ao Boa Morte."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.