Fifa proíbe Rio-SP de mudar regras

A CBF recebeu comunicado da Fifa, na qual a entidade internacional informa que não irá autorizar alterações nas regras das partidas do Torneio Rio-São Paulo, que será realizado de 19 de janeiro a 12 de maio do próximo ano. No comunicado, a Fifa avisa que as modificações, (entre elas, faltas coletivas, parada técnica e dupla arbitragem) estão estritamente proibidas. Segundo o secretário geral da Fifa, Michel Zen-Ruffinen, a entidade maior não irá tolerar tais iniciativas que serão punidas severamente se forem colocadas em prática. Zen-Ruffinen pede no texto para a CBF informar ao presidente da Federação Paulista de Futebol, Eduardo José Farah, sobre a proibição. O dirigente paulista deverá ser o futuro presidente da Liga que organizará o Rio-São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.