Fifa promete indenizar clubes

Joseph Blatter anunciou nesta sexta-feira que a Fifa vai indenizar organizadores e participantes pelo cancelamento do Mundial de Clubes. A competição estava marcada para o final de julho e início de agosto, na Espanha, mas foi adiada para 2003, como consequência da quebra da ISL, responsável pelo marketing da entidade. A Traffic, empresa brasileira que detém os direitos de transmissão por televisão, também será ressarcida. Blatter anunciou a decisão de recompensar os 12 classificados para o Mundial durante entrevista coletiva na sede da Fifa. O dirigente, no entanto, não quis determinar valores da indenização. A alegação é de que ainda estão sendo feitos "estudos" para saber o montante do prejuízo. O Palmeiras, por exemplo, ameaçou ir à Justiça para reaver US$ 500 mil que já teria investido na fase de preparação para o torneio. A diretoria da Fifa chegou a cogitar da possibilidade de bancar sozinha a segunda edição do Mundial. Mas recuou por não se sentir segura de cobrir despesas que giram em torno de US$ 40 milhões. Blatter garante que o campeonato não vai desaparecer, mas não tem idéia de como será em 2003. Há possibilidade de que os 12 classificados para este ano tenham seus lugares reconfirmados. Mas também há tendência de aumentar o número de participantes - para 16 ou 24. O dirigente disse que a Traffic tem os direitos de comercialização dos Mundiais de 2003 e 2005, mas isso pode mudar. ?Tenho confiança que teremos o mundial em 2003, mas é pouco provável que seja com a mesma empresa?, disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.