Fifa pune mais 3 atletas de El Salvador por manipulação

A Fifa anunciou nesta terça-feira a punição a mais três jogadores da seleção de El Salvador, totalizando já 19 condenados nesse escândalo de manipulação de resultados. Agora, a entidade está apenas dando dimensão mundial à pena já aplicada pela Federação Salvadorenha de Futebol (Fesfut).

AE-AP, Agência Estado

22 de outubro de 2013 | 13h57

De acordo com a Fesfut, El Salvador ajudou a manipular os resultados de quatro partidas: as derrotas para o México, em julho de 2011, pela Copa Ouro, para os Estados Unidos, em fevereiro de 2010, para o time norte-americano DC United, em julho de 2010, e para o Paraguai, em fevereiro do ano passado.

Na semana passada, a Fifa já tinha confirmado a punição a 16 jogadores, sendo que 14 deles foram banidos do futebol. Nesta terça-feira, foi a vez de outros três, cujos nomes não foram oficialmente revelados. Eles receberam cinco anos, um ano e seis meses de suspensão por envolvimento no caso.

A seleção de El Salvador é apenas a 89ª colocada do ranking da Fifa. Neste ano, disputou a Copa Ouro, mas foi eliminada pelo Estados Unidos, nas quartas de final, depois de ser goleada por 5 a 1 - na fase de classificação, só teve uma vitória, sobre o Havaí. Nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014, deu azar de cair no grupo de Costa Rica e México e acabou saindo antes do hexagonal final.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFifaEl Salvador

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.