Fifa quer ampliar programa de exames cardiológicos

A Fifa planeja implantar a realização obrigatória de exames cardiológicos em todos os jogadores inscritos em competições internacionais, inclusive das categorias de base. O programa de testes cardíacos começou a funcionar na Copa do Mundo da Alemanha, em 2006, mas a entidade quer ampliá-lo.As recentes mortes súbitas de jogadores de futebol, por problemas cardíacos, fizeram a Fifa tomar medidas para tentar controlar o problema. Por isso, a comissão médica da entidade decidiu pedir a implantação da obrigatoriedade dos exames cardiológicos nas competições."É uma recomendação ao mundo do futebol, para todos os médicos que acompanham os jogadores de alto nível", afirmou o diretor da comissão médica da Fifa, Jiri Dvorak.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.