Michael Regan/REUTERS
Michael Regan/REUTERS

Fifa quer uso uniforme do VAR no mundo, diz chefe de arbitragem Collina

Entidade deseja que as revisões de vídeo sejam aplicadas da mesma forma em todas as competições

Reuters, O Estado de S.Paulo

09 de julho de 2020 | 13h33

A Fifa quer que as revisões de vídeo do VAR sejam aplicadas da mesma maneira em todas as competições, já que assume a responsabilidade direta pelo sistema. Questões relacionadas ao VAR têm sido tratadas principalmente pela IFAB, o órgão legislador do esporte, durante a fase experimental de dois anos do sistema e sua introdução como parte das leis do futebol.

A Fifa, no entanto, assumiu o papel de apoiar os organizadores das competições com a implementação do VAR a partir de 1º de julho. Pierluigi Collina, ex-árbitro italiano da Copa do Mundo e presidente do Comitê de Arbitragem da Fifa, disse à Reuters que a medida foi uma “transição natural”.

“A IFAB, como organização, tem o dever de governar as leis do futebol, incluindo o VAR, o protocolo e os regulamentos. Depois que as leis do esporte são definidas, o trabalho da IFAB termina”, afirmou ele. “É então a Fifa que lida com a orientação de árbitros em todo o mundo, apoiando todas as associações membros.”

Houve algumas variações no uso do VAR em diferentes competições e ligas nacionais, mas Collina disse que deve haver uma abordagem uniforme. “Outra responsabilidade da Fifa é ter as leis do esporte implementadas em todo o mundo da mesma maneira, não pode haver uma implementação diferente das leis em diferentes continentes ou países. Nossa responsabilidade é garantir que o futebol seja jogado da mesma maneira em todo o mundo”, acrescentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.