Fifa reconhece título mundial do Palmeiras, mas erra nome do clube

Em comunicado que reconhece a Taça Rio como primeiro mundial, Fifa troca Sociedade Esportiva por 'Palmeiras Football Club'

Jamil Chade - CORRESPONDENTE EM ULRICHEN, NA SUÍÇA, O Estado de S. Paulo

11 de agosto de 2014 | 12h12

Conforme prometido pelo presidente Joseph Blatter no último sábado, a Fifa reconheceu o título do Palmeiras de campeão mundial ao vencer a Taça Rio, em 1951. Porém, ao divulgar nota reconhecendo a conquista pelo seu Comitê Executivo nesta segunda-feira, a entidade errou o nome completo do clube paulista.

No comunicado, a Fifa trocou o Sociedade Esportiva Palmeiras por "Palmeiras Football Club". "Em reunião em São Paulo no dia 7 de junho de 2014, o Comitê Executivo da Fifa concordou com o pedido apresentado pela CBF a reconhecer em 1951, o torneio entre clubes europeus e sul-americanos como a primeira competição de clubes a nível mundial e o Palmeiras Football Club como seu vencedor".

Durante a Copa do Mundo, a direção do clube paulista, o presidente eleito da CBF, Marco Polo Del Nero, e até o ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, insistiram para que a Fifa reconhecesse o título. Mesmo assim, Blatter insistiu que o torneio não é considerado como uma competição da entidade. 

Em 1951, o Palmeiras disputou a Taça Rio e se sagrou campeão do torneio após vencer a Juventus da Itália por 1 a 0 no Pacaembu, e empatar em 2 a 2 no Maracanã. Além da equipe italiana, a competição ainda foi disputada por Áustria Viena (Áustria), Estrela Vermelha (Iugoslávia), Nacional (Uruguai), Nice (França), Sporting (Portugal) e Vasco da Gama.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolpalmeirasmundialtaça rio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.