Fabio Motta/Estadão
Fabio Motta/Estadão

Fifa revela doping de taitiano na Copa das Confederações

Entidade não revelou o nome do jogador suspenso

JAMIL CHADE, Agência Estado

31 de julho de 2013 | 12h13

GENEBRA - Pela primeira vez em anos, a Fifa anuncia o doping de um jogador em um de seus eventos internacionais. Nesta quarta-feira, a entidade revelou que um jogador do Taiti foi pego no controle de doping durante a Copa das Confederações, encerrada no final de junho, no Brasil. O nome do jogador não foi revelado. Mas a Fifa confirmou que ele foi suspenso provisoriamente do futebol por 30 dias e indicou que um processo legal foi aberto contra o atleta.

O doping foi registrado no jogo entre o Taiti e o Uruguai, no dia 23 de junho, na Arena Pernambuco, em Recife. Os uruguaios aplicaram uma goleada de 8 a 0 no duelo.

O primeiro teste deu positivo, após o jogo. O atleta poderia pedir um novo exame. Mas, segundo a Fifa, abriu mão de seu direito. A Federação do Taiti tem até o dia 8 de agosto para informar se o jogador quer comparecer a uma audiência, ou se irá simplesmente aceitar a decisão da entidade.

Mesmo que ele abra mão desse direito, a federação poderá enviar documentos e informações aos juízes da Fifa até o dia 15 de agosto.

A Fifa não divulgou a substância encontrada no corpo do atleta e indica que apenas dará mais detalhes sobre o caso depois que o atleta e a federação taitiana possam se defender.

O Taiti foi uma das atrações da competição que teve o Brasil como vencedor. Os jogadores de uma das piores seleções do mundo conquistaram a simpatia do torcedor e até dos atletas adversários. Em todo o torneio, fizeram um gol e tomaram 24.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.