Fifa revoga suspensão da Federação Peruana de Futebol

Decisão frustra Fluminense e Internacional, que estavam de olho nas vagas peruanas na Libertadores

AE, Agencia Estado

20 de dezembro de 2008 | 10h00

A Fifa anunciou neste sábado que suspendeu a punição dada à Federação Peruana de Futebol em novembro deste ano. A suspensão, removida no congresso do Comitê Executivo da entidade, em Tóquio, no Japão, poderia impedir o país e seus clubes de ficar de fora de qualquer competição internacional.Veja também:Sul-Americana comemora fim da suspensão à federação peruanaMundiais de 2018 e 2022 serão definidos de uma só vez Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão "O Comitê Executivo concordou em retirar a suspensão da Federação Peruana de Futebol (FPF)", anunciou a entidade no site oficial. A decisão acaba com as pretensões do Fluminense, vice-campeão da Copa Libertadores deste ano, e do Internacional, campeão da Copa Sul-Americana, de ocupar as vagas daquele país na Libertadores de 2009. "Foi possível aproximar no Peru as pessoas e os políticos. Nós esperamos que continue a funcionar", afirmou o presidente da Fifa, Joseph Blatter. As vagas dos times peruanos estavam em aberto na tabela da competição continental, divulgada nesta semana. Agora, o Universitario, o Universidad San Martín e o Sporting Cristal estão liberados para representar o seu país em 2009 na principal competição sul-americana.A Fifa aceitou uma carta de boas intenções da FPF e assinou um acordo com a entidade e o Instituto Peruano de Desporto (IPD). A suspensão, provisória, foi imposta no dia 25 de novembro depois que a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) afastou o país dos torneios internacionais.A maior entidade do futebol mundial puniu o futebol peruano após a intervenção do governo federal sobre a FPF. O presidente da Federação, Manuel Burga, reeleito em 2007, não era reconhecido pelo governo. Além disso, o IPD pediu uma mudança na diretoria da entidade, alegando que a FPF não aceitava as leis do país. Depois que o Peru perdeu o direito de sediar o Campeonato Sul-Americano sub-20, em 2009, para a Venezuela, devido à punição, as entidades peruanas entraram em acordo no dia 13 de dezembro. O resultado das negociações foram enviados à Suíça, sede da Fifa, antes da reunião do Comitê, em Tóquio.MAIS PAÍSESA Fifa também retirou neste sábado as suspensões que havia imposto Samoa (má administração) e Kuwait (interferência política)."Nós retiramos a suspensão ao Kuwait temporariamente", disse Blatter. "Se as leis no Kuwait não forem mudadas para dar autonomia às organizações de esportes, então isso irá ao congresso. Se o congresso decidir suspender o Kuwait, a decisão durará por pelo menos um ano." (Com Reuters)(Atualizado às 14h45 para acréscimo de informações)

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFifaPeru

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.