Fifa se desculpa com o Corinthians

A Fifa repara o fato de ter ignorado o Corinthians na lista de seus campeões mundiais, pede desculpas e alega que a omissão não foi proposital. "Lamentamos muito. Foi um erro nosso. Só isso. Não hádúvida de que o Corinthians foi o time coroado em 2000 como o campeão",afirmou ao Estado o porta-voz da entidade máxima do futebol, AndreasHerren. Na quinta-feira, em seu website, a Fifa havia ignorado o timepaulista na publicação de sua relação de detentores de um títuloMundial de Clubes, apesar de o Corinthians ter conquistado em 2000 oúnico campeonato organizado pela própria entidade. O recuo da Fifa ocorreu menos de 24 horas depois da primeiradivuilgação da lista de campeões. Mas ficou claro que a correção foifeita de última hora. Apesar de o nome do time brasileiro ter sidoincluído logo pela manhã, o perfil da equipe e a campanha até o títulosomente puderam ser acessados na tarde desta sexta. Em sua lista, a Fifa inclui todos os campeões mundiais das CopasIntercontinentais - que reuniu o campeão sul-americano e o europeu. Apublicação também inclui a Copa Toyota e, por fim, a partir de 2000,passa a ser Mundial de Clubes que foi ganho pelo Corinthians. Oproblema é que o Boca Juniors foi o campeão da Copa Toyota de 2000,contra o Milan e na primeira versão apresentada pela Fifa de sua listade campeões, apenas o time argentino era o citado entre os vencedores. Para não ter problemas de colocar dois campeões para o mesmo ano, aFifa optou por apresentar os campeões em ordem alfabética, e nãocronológica como estava sendo apresentada na quinta-feira. Questionada pela reportagem se considerava o Boca Juniors tambem comocampeões mundiais em 2000, a Fifa apenas explicou: "a Copa Toyota nãofoi organizada pela Fifa. A única competição realizada pela Fifa em2000 foi vencida pelo Corinthians". LIÇÃO - Na descrição do evento realizado no Brasil em 2000, a Fifa indica que o País deu uma " lição de samba ao mundo ". Segundo a entidade, a iniciativa de realizar a competição com oito clubes foi "corajosa ". O texto, porém, não trata exclusivamente do campeão como ostextos referentes aos demais times que em algum momento venceram a CopaIntercontinental ou a Copa Toyota. Para a Fifa, o Corinthians foi o "merecedor" do título e citaEdilson como "incomparável". Na avaliação da entidade, o jogador detalentos "multidimencionais e sublime " Admite que maior surpresa foi ausência de times europeus na final.Real Madrid terminou em quarto lugar, tendo perdido para o Necaxa doMéxico. O Manchester United, o outro representante europeu, foieliminado logo de cara e perdeu para o Vasco da Gama por 3 a 1. Segundoo texto da Fifa, o time inglês foi " vítima de Romario e Edmundo". Nomês passado, em uma conversa com o Estado, o técnico do ManchesterUnited, Sir Alex Fergusson, confessou que a competição havia sido " umabrincadeira ". De todas as formas, a Fifa aponta que a América do Sul deu "a últimapalavra sobre o debate acalorado sobre que continente de fato usa acoroa do futebol mundial".

Agencia Estado,

02 de dezembro de 2005 | 13h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.