Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Divulgação
Divulgação

Fifa suspende Jobson por 4 anos e tira jogador da final de domingo

Carreira do atacante do Botafogo é novamente posta em xeque

Estadão Conteúdo

24 de abril de 2015 | 13h13

A Fifa comunicou nesta sexta-feira a diretoria do Botafogo sobre a suspensão imposta ao jogador Jobson por quatro anos, o que o impede de entrar em campo na decisão deste domingo do Campeonato Carioca contra o Vasco. A punição da Fifa foi motivada pela recusa do atacante de ter feito exame antidoping quando estava no Al-Ittihad, da Arábia Saudita, entre 2013 e 2014.

O Botafogo estuda uma maneira de manter Jobson nas finais do Carioca. Ocorre que a decisão da entidade presidida por Joseph Blatter é para ter seu cumprimento imediato. Jobson seria titular do time contra o Vasco neste domingo. Ele havia sido suspenso por quatro anos pelo Comitê Antidoping da Arábia em abril de 2014, após se recusar a passar por antidoping. A punição, contudo, só valia na Arábia Saudita.

O caso foi parar na Fifa, que confirmou a pena ao brasileiro. A punição vale para todas as partidas oficiais de futebol. A CBF também será notificada da decisão. Jobson caiu no antidoping por uso de cocaína em 2009, quando defendia o mesmo Botafogo. Na época, em baixa, ele assumiu ser consumidor de crack, e foi suspenso por dois anos pelo STJD, depois por seis meses apenas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.