Fifa suspende jogador do Zimbábue por doping

A Fifa suspendeu o meio-campista Devon Chafa, da seleção do Zimbábue, por seis meses após ele dar positivo em exame antidoping realizado em partida das Eliminatórias Africanas para a Copa do Mundo de 2014. A entidade explicou que Chafa deve perder "todos os tipos de jogos, inclusive domésticos, jogos internacionais, amistosos e oficiais".

AE-AP, Agência Estado

14 de outubro de 2013 | 15h04

Ele pode recorrer da suspensão, que vale até o final de fevereiro. Chafa testou positivo para um glicocorticoide chamado prednisona após participar da derrota do Zimbábue por 4 a 2 para o Egito, em 9 de junho, em Harare. O Zimbábue terminou em último no grupo vencido pela seleção egípcia.

Chafa vai ficar fora do Campeonato Africano das Nações de 2014, um torneio disputado apenas por jogadores que atuam em clubes do país de cada seleção, que será realizado em janeiro, na África do Sul. Seu time, o Dynamos, atualmente lidera o campeonato nacional do Zimbábue.

Tudo o que sabemos sobre:
futeboldopingZimbábueDevon Chafa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.