Thanassis Stavrakis| AP
Thanassis Stavrakis| AP

Fifa suspende lateral Eboué por um ano por dívida com ex-agente

O jogador pode ficar suspenso por até um ano

Estadão Conteúdo

31 de março de 2016 | 09h47

A Fifa anunciou nesta quinta-feira uma dura punição ao veterano lateral Emmanuel Eboué, do Sunderland, por conta de uma dívida. O ex-jogador do Arsenal de 32 anos foi suspenso do futebol por um ano após uma longa batalha judicial com seu ex-empresário, que reclama do não pagamento de seus honorários.

De acordo com a determinação da Fifa, Eboué terá que se afastar de qualquer atividade relacionada ao esporte pelos próximos 12 meses. O lateral pode diminuir o período de suspensão se quitar a dívida com seu ex-agente, Sebastien Boisseau.

Só que a punição pode ter repercussões ainda mais desfavoráveis para Eboué. Imediatamente após o anúncio da Fifa, o Sunderland manifestou o desejo de romper o contrato do lateral. Ele chegou ao clube há somente três semanas e tem vínculo apenas até o fim desta temporada europeia, no meio do ano.

"Eboué assinou um contrato com o Sunderland até o fim da atual temporada e o clube, então, já o noticiou de sua intenção de encerrar o contrato. O jogador terá duas semanas para apelar contra a decisão da Fifa", informou o Sunderland em comunicado. "A suspensão foi causada por uma disputa monetária que precede seu período no Sunderland e não foi informada ao clube pelo jogador."

Lateral da seleção da Costa do Marfim, Eboué mantém uma disputa contratual com Boisseau desde 2013, quando um juiz da Comissão do Estatuto do Jogador da Fifa ordenou que o atleta pagasse o que devia ao agente. Como não obedeceu a decisão, o marfinense acabou punido e foi obrigado a pagar uma multa de 30 mil francos suíços (quase R$ 112 mil).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.