Fifa tem 10 candidatos a sede para as Copas de 2018 e 2022

Deve haver uma disputa difícil pelo direito de ser sede das Copas do Mundo de 2018 e 2022, disse neste sábado o presidente da Fifa, Joseph Blatter. "Nós já temos 10 potenciais candidatos", contou Blatter numa coletiva de imprensa, durante a abertura da CIS Cup, torneio anual entre os clubes campeões dos 15 países que formavam a antiga União Soviética. "Se formos de Oeste para Leste, temos México, Estados Unidos, Espanha -- sozinha ou com Portugal -- Inglaterra, a candidatura unida de Holanda e Bélgica, espero que a Rússia se candidate, Japão, Catar, China e Austrália", comentou. A África do Sul receberá a Copa do Mundo de 2010 e o Brasil, o torneio de 2014. Virando para o diretor do futebol russo, Vital Mutko, Blatter disse: "Eu definitivamente espero que a Rússia seja um dos candidatos para ser sede da Copa do Mundo de 2018 ou 2022." Alexei Sorokin, diretor-geral da federação russa, disse que os dirigentes ainda não se convenceram a fazer uma proposta formal. "Ainda não mandamos uma carta oficial para a Fifa porque ainda estamos esperando que o governo dê apoio formal à nossa candidatura", afirmou Sorokin à Reuters. Esta semana a Fifa estabeleceu o prazo de 2 de fevereiro para os candidatos formalizarem sua intenção de receber uma Copa do Mundo. Pela primeira vez, a Fifa terá um processo simultâneo para escolher as sedes das duas edições da competição. Os vencedores serão anunciados em dezembro de 2010. (Reportagem de Gennady Fyodorov)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.