Fifa: time não poderá inscrever mulher

O Comitê Executivo da Fifa negou, domingo, o pedido do clube mexicano da segunda divisão Atlético Celaya de incluir entre seus jogadores a atacante Mirabel Domínguez, de 26 anos, a ?Miragol?. Quarta-feira passada o Celaya provocou furor no país ao anunciar a contratação de Mirabel, autora do único gol da seleção mexicana feminina nos Jogos Olímpicos de Atenas. Os dirigentes do Celaya, entretanto, haviam dito que a decisão final sobre se uma mulher poderia jogar numa equipe masculina seria da Fifa. A entidade foi taxativa ao afirmar que mulheres não podem jogar em time de homens. ?Isso está estabelecido para torneios nacionais e partidas internacionais e, segundo as regras do jogo e os regulamentos da Fifa, não há exceções.? O anúncio da contratação de Miragol causou diferentes reações no futebol mexicano. Enquanto os jogadores do Celaya disseram que a jogadora seria bem-vinda, os técnicos Ricardo Lavolpe e Manolo Lapuente condenaram a idéia. Outros esportistas disseram que a contratação não passou de golpe publicitário do Celaya.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.