Fifa tira jogo da Síria por falta de segurança

A Síria está procurando um local neutro para sediar a partida contra o Turcomenistão, válida pelas Eliminatórias da Olimpíada de 2012, depois que a Fifa determinou a mudança da sede da partida, após considerar o país inseguro por conta dos protestos contra o governo.

AE-AP, Agência Estado

18 de maio de 2011 | 13h24

A partida estava originalmente programada para ser jogada no Estádio Al Abbassiyin, em Damasco, no dia 19 de junho. No entanto, a Fifa informou a Federação da Síria que decidiu mudar o jogo para um campo neutro depois de considerar "as circunstâncias muito excepcionais de segurança que ainda prevalecem na Síria".

A Síria diz que vai definir o local da partida ainda nesta semana. Desde o mês de março, o governo sírio lançou uma violenta repressão contra manifestantes. Os grupos de direitos humanos dizem que a repressão já deixou mais de 850 pessoas mortas. Milhares de pessoas foram detidos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFifaSíriasegurança

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.