Fifa vai adotar novas regras contra o racismo no Mundial

A Fifa comunicou nesta quinta-feira que aplicará o novo artigo 55 de seu Código Disciplinar, que diz respeito ao racismo, na Copa do Mundo da Alemanha. Os infratores estarão sujeitos a multas, perda de pontos e até a desqualificação do evento.O artigo prevê multa de aproximadamente 19 mil euros para o clube cujos torcedores cometam ato de racismo nas arquibancadas, principalmente ostentando cartazes. Caso não seja possível identificar o autor, a punição cairá sobre o organizador do evento ou mandante do jogo.Além das multas, o texto também prevê a perda de três pontos para as seleções cujos atletas, membros ou torcedores demonstrem um comportamento racista, e seis pontos se o incidente ocorrer pela segunda vez. Caso as punições não sejam suficientes e os atos voltem a se repetir, as equipes seriam rebaixadas a uma categoria inferior, ou excluídas da competição quando esta não possuir descenso.A Copa do Mundo começa no dia 9 de junho, com o jogo entre Alemanha e Costa Rica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.