Fifa vai debater critérios de escolha do país-sede das Copas

Encontro em Zurique na próxima semana visa Mundial de 2026

Estadão Conteúdo

19 de maio de 2015 | 12h04

A Fifa divulgou nesta terça-feira a pauta da próxima reunião do seu comitê executivo e confirmou que a aprovação das regras sobre o processo de escolha das sedes das Copas do Mundo de 2026 estará entre os assuntos a serem discutidos a partir da próxima segunda, em dois dias de encontro em Zurique, na Suíça.

A expectativa é para que a comissão aprove uma resolução que culminará no impedimento de países europeus de se candidatarem a sede do Mundial de 2026. E isso poderia deixar os Estados Unidos, o Canadá e o México como fortes candidatos a receberem o torneio.

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, se mostrou favorável, na semana passada, à implementação de uma regra para impedir que as confederações continentais recebam as próximas duas Copas do Mundo depois de terem sido sede da competição. E como a edição de 2018 do Mundial vai ser disputada na Rússia, nenhum país europeu poderia se candidatar a organizar o torneio de 2026.

As mudanças nas regras passariam a vigorar na primeira eleição para a escolha da sede desde 2010, quando um processo controverso levou o Mundial de 2018 e 2022 para Rússia e Catar, respectivamente. Em março, inclusive, o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke adiantou que uma reforma deveria acontecer, o que agora deverá ser ratificado na próxima reunião do Comitê Executivo da Fifa. A Fifa vai escolher o anfitrião da Copa do Mundo de 2026 em uma votação já marcada para maio de 2017, que envolverá todos os países-membros da entidade.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.