Efe
Efe

Fifa veta colocar Ibrahimovic em eleição de gol mais bonito de 2012

Atacante fez quatro, um deles uma pintura, na vitória da Suécia sobre a Inglaterra em amistoso

AE-AP, Agência Estado

15 de novembro de 2012 | 11h14

ZURIQUE - Um dia depois de Ibrahimovic brilhar de forma intensa na vitória da Suécia sobre a Inglaterra, por 4 a 2, em Solna (SUE), marcando quatro vezes, sendo o quarto deles por meio de uma incrível bicicleta de fora da área, a Fifa informou nesta quinta-feira que não irá incluir a pintura do atacante do Paris Saint-Germain na eleição do gol mais bonito do ano promovida pela entidade.

A votação dos gols mais belos escolhidos pela entidade começou na última quarta-feira - quando os dez indicados ao prêmio foram anunciados - e servirá para eleger o mais novo ganhador do Prêmio Puskas. Atual vencedor desta honraria, Neymar será novamente um dos concorrentes da premiação deste ano.

"Uma vez que um número de votos já foram computados para a premiação deste ano, a comissão de seleção para o Prêmio Puskas não poderia, nesta fase, incluir um candidato adicional", informou a Fifa por meio de um comunicado.

A entidade ainda destacou que o golaço de Ibrahimovic - que acertou a meta da Inglaterra ao emendar uma bicicleta antológica, de longa distância, e encobrir o goleiro adversário e defensores ingleses - poderá ser considerado para a votação que elegerá o ganhador do Prêmio Puskas de 2013.

O vencedor desta honraria em 2012, na premiação que homenageia o ex-jogador húngaro Ferenc Puskas, será anunciado no próximo dia 7 de janeiro, em Zurique, no evento de gala que elegerá também o melhor jogador do mundo deste ano.

Além de Neymar, Messi e o colombiano Radamel Falcao estão entre os dez candidatos da votação deste ano do gol mais bonito eleito pela Fifa. Fora deste grupo, Ibrahimovic disse que este seu último gol foi "provavelmente o que mais apreciou" entre os que marcou pela seleção sueca.

"Eu joguei um monte de boas partidas. Marquei muitos gols legais, mas a coisa mais importante foi ter vencido na nova arena, que, como eu disse anteriormente, me faz sentir como se eu estivesse em um coliseu", afirmou o atacante, se referindo ao fato de que o jogo entre Suécia e Inglaterra serviu para inaugurar o Friends Arena, o novo estádio nacional da Suécia.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFifaIbrahimovicCopa 2014

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.